domingo, 23 de novembro de 2014

Fugir à Rotina

Às vezes sentimos vontade de fugir à rotina.. Aborrece-nos só de pensar que vamos voltar a repetir no fim de semana as idas ao shopping, ver um filme no cinema ou até mesmo ter de ficar em casa (porque o tempo está péssimo e nada apetecível para sair). Por vezes, sentimos vontade de fazer algo diferente.. confesso que já transparecia esta vontade de ir ao teatro a algum tempo..Já a imenso tempo que não ia..e ontem, adorei* Adorei não só pelo facto de já não ir a muito tempo, mas porque a peça foi fantástica. "Casado à força" é uma comédia de Moliere, para rir do início ao fim. O ator Vitor Norte faz um papelão (é de facto o que mais se destaca). Gostei de o ver ao vivo ;) O Marcantonio Del Carlo também é muito bom** dois grandes profissionais, sem dúvida. Para mim, o Teatro da Trindade é "mágico"..tem um interior lindíssimo e bastante acolhedor. Para além disso, tem uma localização perfeita. Recomendo! Vai estar em exibição até 7 de Dezembro ;) E o vosso fim de semana como foi?
Beijinhoo
My Precious Space

domingo, 16 de novembro de 2014

Estágios Curriculares

Olaaa novamente,

Devo dizer-vos que tenho muita pena de não puder vir aqui mais vezes.. mas para mim o dia devia ter mais que 24 horas :D sinto que precisava de mais para puder fazer tudo aquilo que pretendia, mas como não me é possível, tento gerir o tempo da melhor forma. Bem, hoje vou falar-vos de um tema que a meu ver é extremamente importante: estágios curriculares. Entramos para a faculdade, muitas vezes às “escuras” sem saber muito bem se era aquele o curso que pretendíamos…vão-se passando os anos (entre noitadas com os amigos, espírito académico, madrugadas a estudar.. coisas de estudante), chegam as férias de Verão e o que nós queremos é aproveitar (praia, saídas com os amigos, dormir até às tantas, vocês sabem bem…) e não pensamos sequer  em fazer mais pelo nosso futuro, porque queremos o "bem bom", e isso exige abdicarmos de tantas coisas “boas”. Já pensaram o que é passar as férias todas “enfiados” num escritório, ter que cumprir horários, regras, sem remuneração, entre outras coisas.. “Não nem pensar! Trabalhar só quando acabar o curso”, este é o pensamento da maior parte dos jovens que estudam.. Agora vejamos: o cenário laboral já está tão “negro”, não temos nós jovens que tomar certas decisões para mudar? Exigem esforço certo, mas se queremos chegar a algum lado, temos de lutar por isso. Os estágios curriculares ajudam-nos a perceber o que as empresas pretendem de nós, para além de que nos preparam para o mundo do trabalho. Na universidade é tudo muito teórico. Quando chegamos ao mundo do trabalho apercebemo-nos que não sabemos nada. Isto é ridículo, mas é a realidade. É tão importante, ter várias experiências, até para nos ajudar a perceber o que é que gostaríamos de fazer no futuro. Peçam SEMPRE cartas de recomendação, isso é fundamental, são uma fonte de referência que será certamente muito valiosa no vosso futuro. Eu própria também hesitei quando tomei essa decisão, mas acreditem que não me arrependo nada..Durante os 3 anos do curso fiz sempre estágios curriculares, em diferentes empresas e isso ajudou-me a definir aquilo que de facto gostava e queria fazer quando acabasse o curso. Foi sem dúvida uma boa aposta para o meu futuro* Informem-se junto dos vossos coordenadores, sobre essa possibilidade e tentem integrar-se em empresas de referência no mercado, pois já que é para aprender que seja com os melhores! ;)
Tenham uma boa semana ;)
My Precious Space

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Homenagear Viseu

Tenho vontade de voltar! Isto não só porque nasci e cresci nesta maravilhosa cidade: Viseu… mas porque quem visita esta cidade sente necessidade de a revisitar. São inúmeras as emoções que sentimos quando temos a possibilidade de fazer um roteiro pelas ruas magníficas desta airosa cidade. Viseu está rodeada de história, repleta de cultura e conhecimento e não fica aquém das expectativas de quem a visita. Somos recebidos de braços abertos, com gestos de simpatia e boa disposição. Viseu transparece-nos a ternura onde o aconchego desta cidade maternal se faz sentir nas coisas mais simples: mesas fartas com bom vinho e comida regional, excelência no atendimento, ótimas gentes anfitriãs e qualidade de vida.  

Rossio
É no famoso TGV (Transporte Giro de Viseu) – comboio turístico que se parte para descoberta dos "cantos" da cidade. No Rossio persiste um vasto leque de emoções. Cobertos pelas árvores verdejantes deste espaço, ouvimos o sussurrar da água a cair dos repuxos. Deliciamo-nos com os bombons da Fábrica do Chocolate e alegra-nos a vista e a alma as originais iguarias do Armazém do Café. Pura cumplicidade...

Adro da Sé
Aqui respira-se história! A Sé Catedral pode ser admirada desde a superfície da cidade, vista lindíssima e única, principalmente ao anoitecer. Adoraria casar-me nesta igreja luminosa. Acho que não deixa de ser o sonho de muitas mulheres, principalmente Viseenses! ;) A originalidade das pinturas presentes no Museu Grão Vasco são primazias que nos cultivam a alma e o coração. 

Rua Direita
A meu ver, é a mais emblemática rua da cidade de Viseu. Mais tortuosa que direita, perduram nela um conjunto de preciosidades que remetem para as lojas de comércio tradicional. Os famosos Jardins Efémeros, são recriados em Julho desde o Soldado Desconhecido (início da Rua) até ao Hotel Grão Vasco (fim da rua).

E foi assim que me despedi ontem de Viseu. Sempre que regresso trago uma enorme saudade..algo dificil de explicar por palavras ;)


Espero que gostem ;) Beijinhos My Precious Space